Estudo multijogador do Call of Duty Vanguard em curso: impressões beta

Call of Duty Vanguard vê Call of Duty retornando às suas raízes … mais uma vez. Ele faz muito isso. O primeiro beta multijogador foi lançado neste término de semana para qualquer o que pré-encomendou no PlayStation, e eu passei o bom número de horas me preparando para o lançamento em 5 de novembro. Se você, uma vez que eu, jogou as últimas iterações do CoD, provavelmente terá uma sensação de intimidade com o multiplayer do Vanguard. Na verdade, deixe-me reformular isso: você pode sentir que oriente é o MP do Call of Duty do ano pretérito com uma skin da 2ª Guerra Mundial. A única coisa que me mantém jogando Vanguard em vez de voltar para a Cold War Black Ops é alguns novos modos interessantes.

Team Deathmatch, Kill Confirmed e Domination estão de volta, uma vez que você esperaria. No entanto, Hardpoint, o modo de que nunca gostei muito, foi desfigurado para o novo modo de Vigia, do qual paladar definitivamente. Em vez de conquistar e manter pontos estáticos, Vigia protege o pequeno círculo de território que se move ao longo do planta (daí o sobrenome de “Vigia”). Quando uma equipe de randos da Internet se reúne para tapulhar e conquistar esse objectivo em movimento, é muito jocoso. É de longe a minha soma favorita ao multijogador deste ano, pois incentiva a cobertura ativa e passiva da equipe e desencoraja o acampamento.

Muito, acampamento de longo prazo, pelo menos. Porquê a superfície contestada está em permanente movimento, é do interesse dos atiradores de longo alcance postar-se em o ninho de atirador por somente alguns minutos. A superfície se move de espaços abertos, para dentro de edifícios e de volta para fora. É ótimo, na verdade. Requer o uso de todas as suas habilidades de tiro: de perto, de médio alcance e de longo alcance, tudo em poucos minutos.

É difícil expressar quem está de que lado.

Em todos os modos, o combate corpo-a-corpo é onde encontro mais frustração com o multijogador do Vanguard, porque é difícil expressar quem está de que lado. A Cold War do ano pretérito opôs as forças da OTAN contra as forças do Pacto de Varsóvia, enquanto oriente ano (pelo menos na versão beta) ambas as equipes é compostas pelos mesmos personagens Aliados. Mais de uma vez, principalmente no planta do Hotel Royal, não sabia quem era quem. Se você estiver corpo a corpo perto de alguém, o indicador supra da cabeça simplesmente não pode ser visto e, mesmo à intervalo, o indicador vermelho mudo freqüentemente desaparece nos tons de ocre e marrom lamacentos do planta. Felizmente, queimação companheiro não é uma preocupação cá (não há modo Hardcore no beta) porque há momentos de frações de segundo em que fiz a chamada errada. Ou por outra, muitos casos em que hesitei quando não deveria e fui fumado.

Sei que em 2021 ninguém quer jogar uma vez que os poderes do Eixo, mas qualquer tipo de propriedade distintiva entre as duas equipes, além de o pequeno ponto com o nome em vermelho, seria uma grande ajuda. Palato de saber quando estou sendo abordado por o jogador inimigo por seu protótipo de personagem, em vez de seu nome de jogador da Activision, e não quero ter que git-gud aumentando minha velocidade olhando para as palavras flutuando supra sua cabeça.

Champion Hill é uma versão lícito da fórmula Battle Royale.

O modo em que isso não é o problema é o novo modo Champion Hill, uma reviravolta lícito na fórmula de guerra real em que, em vez de lutar para ser o último time em uma guerra totalidade, você está correndo no que é basicamente o glorificado campo de guerra de paintball. A premissa é simples: você se junta a uma equipe de duas ou três pessoas, é jogado em uma redondel e trabalha para varar as outras equipes. Existem 10 equipes ao todo, cada uma lutando aleatoriamente entre si 2v2 ou 3v3, até que somente uma equipe permaneça. Durante as partidas, você ganha numerário que pode usar durante os intervalos na competição para comprar atualizações uma vez que armas, vantagens e buffs, ou gastar durante a partida para atualizar sua arma. É jocoso, mas o matchmaking demorava muito, não importa o que eu tentasse. Não tenho certeza se é por falta de interesse ou porque ainda está em beta, logo não posso culpá-lo por isso, a menos que persista no jogo final.

Falando em mapas, os três que estão disponíveis na versão beta é … somente bons. Dos três, Gavutu, o sítio encharcado de chuva no Pacífico Sul, é provavelmente o meu predilecto porque tem a maioria das características que eu paladar em o planta MP de tamanho médio: o galeria no meio, o espaço descerrado de o lado, e o grupo mais agrupado de obstáculos e edifícios do outro. Ainda não parece visível porque, apesar da natureza ampla da praia do planta, ainda parece o pouco pequeno para os recursos que usa e durante o curso do beta eu nunca realmente consegui sentir o “fluxo” disso. Hotel Royal, o pequeno planta com muito CQC, é o meu menos predilecto do grupo (em segmento devido às questões mencionadas de companheiro ou inimigo), enquanto o Red Star fundamentado em Stalingrado não me dá sentimentos fortes de uma forma ou de outra. Eu apreciei o quanto Red Star me lembrou de Call of Duty 2 de muito tempo detrás, mas outrossim zero realmente se destacou para mim sobre isso. Minha opinião sobre os mapas pode mudar à medida que fico mais familiarizado com eles, e a semana 2 também abrirá O Ninho da Águia, o planta fundamentado na fortaleza de Hitler nas montanhas (onde será ainda mais estranho não estar lutando contra pessoas vestidas de nazistas).

Dos três mapas, Gavutu, o sítio encharcado de chuva no Pacífico Sul, é provavelmente o meu predilecto.

As progressões de classificação e carregamento voltaram e parecem ser exatamente as mesmas do ano pretérito, o que, por sua vez, era muito semelhante a uma vez que se sentiam em Modern Warfare de 2019. Você cria seu loadout com armas primárias e secundárias, armas letais e não letais uma vez que granadas e coquetéis molotov, três vantagens e seus bônus killstreak. Usar uma arma durante uma partida desbloqueia atualizações uma vez que ótica, revistas e diferentes barris, entre outros. Lucrar posição com sua conta da Activision abre mais armas e modificações e … sim, é exatamente a mesma coisa do ano pretérito, logo é difícil permanecer entusiasmado. Uma coisa que falta no beta é as skins desbloqueáveis, que não acrescentam zero à jogabilidade em si, mas sempre me levam a levar pelo menos algumas das minhas armas favoritas aos níveis mais altos. Espero que eles voltem para o jogo final.

Eu notei alguns problemas de classificação estranhos em meu perfil XP e minha arma XP. Às vezes, por várias partidas, eu não acumulava nenhum XP, apesar de todos os meus esforços. Logo, sem aviso, ele “alcançaria” e toda a experiência das últimas 20 partidas apareceria de repente de uma vez. Todos os desbloqueios viriam em uma vaga enorme e retardada, o que significava que eu não seria capaz de infligir nenhum upgrade às minhas armas, ou usar novas armas, por longos períodos de tempo. Significava perder a satisfação da progressão de nível a nível, o que é um tanto que eles resolvam antes do lançamento.

As armas parecem modernas e não da era da 2ª Guerra Mundial.

As armas também têm a mesma sensação, o que quer expressar que parecem modernas e não da era da 2ª Guerra Mundial. Eu entendo que a visão reflexiva na verdade é muito anterior à 2ª Guerra Mundial, logo não é tecnicamente indefinível historicamente, mas ainda parece muito estranho tê-los em armas pequenas. As sequências de ruína, uma vez que o Recon Plane e Glide Bomb, é somente as sequências de Spy Plane e Cruise Missile do ano pretérito (e essas foram somente versões das sequências de UAV e Cruise Missile do ano anterior). Eu aprecio o sentimento de intimidade de ano para ano, mas segmento de mim esperava que novos killstreaks parecessem mais apropriados para a quadra em vez de somente renomeá-los.

Ou por outra, o matchmaking fundamentado em habilidade retorna para Call of Duty in Vanguard e você provavelmente não vai gostar se você for o velho salteador. Eu gostei de jogar no PS5, no qual não sou muito bom. Eu geralmente jogo no PC e tenho dificuldade em ajustar desde o prazer do mouse e teclado até o jogo fundamentado no controlador. Para jogadores menos competitivos uma vez que eu, que usam o CoD uma vez que desculpa para jogar online com amigos por dezenas de horas a cada outono, o SBMM é uma ótima maneira de prometer que você ganhe alguns e perda alguns. Mas uma vez que você sempre joga contra pessoas com a mesma habilidade relativa, não há uma vez que saber onde você está no grande banco de dados de jogadores no firmamento. Também não há uma vez que desligá-lo, logo parece que uma VPN continua sendo sua única opção para contornar o algoritmo se você preferir não ter o mesmo calibre de jogador.

Resumindo, eu me diverti durante meu término de semana com o Vanguard – principalmente em partidas no modo Patrol – mas não tanto quanto eu esperava. É difícil saber se é os mapas mais ou menos, jogando com o controlador em vez de meu mouse e teclado preferidos, ou porque parece muito com Black Ops Cold War com uma skin da era WW2 nele. Ainda é jocoso e sei que vou destinar muitas horas quando o jogo final for lançado, uma vez que faço no começo de cada ciclo de Call of Duty, mas não há zero realmente novo cá para me deixar entusiasmado com isso. Espero que minha opinião mude à medida que o multiplayer evolui antes do lançamento em novembro, mas se eu tivesse que pontuar agora, provavelmente daria uma nota 6 para Call of Duty Vanguard MP. Lembre-se, oriente é o beta e a pontuação não é de forma alguma final, portanto, certifique-se de verificar o lançamento.

Esta é a próxima ingressão planejada na franquia de sucesso Call of Duty.

- Publicidade -
- Publicidade -Ucorvo
close