Novas análises “Battlefield”, “Duty” estão disponíveis

Activision e EA

É o pouco antes do Dia de Ação de Graças e isso significa que outra ingressão na franquia anual “Call of Duty” da Activision está cá, e oriente ano ela se juntou a uma novidade ingressão da série “Battlefield” da EA que chega três anos depois de “Battlefield V” em 2018.

As resenhas começaram a chegar para ambos os títulos e até agora o veredicto não é muito bom pelas pontuações das resenhas vindas de críticos e jogadores no site confederado de resenhas de jogos Metacritic.

A série de jogos “Battlefield” tende a desviar-se entre títulos que pontuam em direção à tira estelar de 90/100 (“Battlefield 1942,” “Battlefield 2,” “Battlefield 3,” “Battlefield 1”) e aqueles em direção ao ainda muito bom, mas mais suave Fita 80/100 (“Battlefield 2142,” “Battlefield 4,” “Battlefield V”). De longe, a pontuação mais baixa foi “Battlefield: Hardline”, que caiu para a tira geral de 70/100.

“Battlefield 2042” até agora só tem contagens de PC contadas e fica em 80/100, o que é muito sólido, mas as análises dos usuários é onde há problemas. Já o segundo jogo para PC mais comentado do ano, muro de 430 análises de usuários foram enviadas até agora, sendo 361 delas negativas.

A maioria das reclamações está ligada a falhas técnicas e falhas, mas muito tem sido sobre a queda de vários recursos de assinatura regular que separam “Battlefield” de outras franquias. Ou por outra, veio a inclusão de recursos que supostamente tornam o jogo muito mais desempenado com “Call Of Duty: Modern Warfare” de 2019.

“Call of Duty: Vanguard” da Activision não está atraindo reclamações sobre falhas ou descartar elementos de assinatura, mas o título também não está atraindo elogios porque parece ser uma ingressão útil que se adere à fórmula e aos fundamentos da franquia.

Combinando e calculando a média das três pontuações dos lançamentos de PC, PlayStation e Xbox de cada título anual da franquia (não incluindo celular ou remasterização), ‘Vanguard’ é o segundo título com pior avaliação da série até o momento em 75/100 – primeiro de unicamente ‘Ghosts’ em 73.6 / 100 e unicamente detrás de “Guerra Infinita” e “Cold War” do ano pretérito, ambas em 76/100.

Cá está uma estudo completa da pontuação média do Metacritic dos lançamentos para PC, Xbox e PlayStation dos vários títulos ‘Duty’:

Call of Duty (2003) = 80,33
Call of Duty 2 (2005) = 87,5
Call of Duty 3 (2006) = 81,75
Call of Duty 4: Modern Warfare (2007) = 93,33
Call of Duty: World at War (2008) = 84
Call of Duty: Modern Warfare 2 (2009) = 91,33
Call of Duty: Black Ops (2010) = 85,33
Call of Duty: Modern Warfare 3 (2011) = 84,66
Call of Duty: Black Ops II (2012) = 80
Call of Duty: Ghosts (2013) = 73,6
Call of Duty: Advanced Warfare (2014) = 80,66
Call of Duty: Black Ops III (2015) = 78,33
Call of Duty: Infinite Warfare (2016) = 76
Call of Duty: WWII (2017) = 77,33
Call of Duty: Black Ops 4 (2018) = 83,66
Call of Duty: Modern Warfare (2019) = 80,66
Call of Duty: Black Ops Cold War (2020) = 76
Call of Duty: Vanguard (2021) = 75

“Call of Duty Vanguard” já está disponível em todas as plataformas. “Battlefield 2042” está agora em entrada antecipado antes do lançamento regular para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X | S em 19 de novembro.

- Publicidade -
- Publicidade -Ucorvo
Please wait...